Frequentemente podemos encontrar dúvidas em relação às diferenças existentes entre sites e blogs, páginas da web com funções e propósitos distintos, direcionados para um tipo diferente de conteúdo e de usuário.

Entre os principais fatores que diferenciam essas páginas, está o conteúdo de cada um deles: os sites, em sua maioria, representam (através de um conjunto de páginas) empresas ou organizações estruturadas que desejam marcar presença na web; em alguns casos, os sites recebem poucas alterações. Os blogs, por outro lado, são páginas vivas, constantemente alimentadas com um conteúdo que representa a opinião tanto de indivíduos como de empresas.

A diferenciação também ocorre no que diz respeito à necessidade de conhecimentos técnicos: atualmente é possível que muitos usuários conectados à internet criem um blog e façam bom uso dele, às vezes até mesmo personalizando-o de acordo com a temática escolhida. Os sites, pelo contrário, exigem uma noção mais técnica e um conhecimento sobre HTML e CSS, por exemplo.

Basicamente, pense o site como sendo uma página estática e com informações que sofrem poucas alterações. No caso de uma empresa, o site contém a linha de produtos ou serviços, a localização, fotos e um formulário de contato. Já no blog, textos são postados diária ou semanalmente sobre um único ou variados assuntos.

Eu preciso de um site ou de um blog?

Como empresa, é essencial que você tenha um site, uma página em que as pessoas encontrem o que você oferece e saibam como entrar em contato com você. O blog seria um adicional.

Como um blog pode ajudar minha empresa?

Há duas formas básicas com que um blog pode beneficiar uma marca e a primeira delas é criando uma relação com o cliente, seja ele novo ou já antigo. Os assuntos discutidos no blog costumam fazer parte do mesmo universo da marca. Portanto, seu consumidor ou uma pessoa que se interesse pela empresa provavelmente irá querer saber mais sobre o que está acontecendo nessa área. Por exemplo, uma empresa de maquiagem vai dar dicas sobre tendências, estilos e novos produtos.

A segunda vantagem de se ter um blog está no SEO e na possibilidade de ter a sua empresa destacada na busca do Google de forma orgânica – isto é, sem que você tenha que pagar pela propaganda. Imagine que sua empresa venda chuveiros e no blog exista um texto com o título “Qual é a diferença entre ducha e chuveiro”. Alguém que está reformando a casa resolveu procurar no Google qual é a diferença entre eles e acabou caindo no seu blog. Agora, além de bem informada sobre o assunto, a pessoa já sabe que a sua marca existe e que existe uma ducha ou um chuveiro que é perfeito para o que ela precisa.

Fonte: http://projetual.com.br

Aqui na P&P Webdesigners, você pode optar em ter um site com um blog dentro dele! Neste blog você fará as atualizações necessárias para atrair os interessados que pesquisam no google, assuntos referente ao seu negócio.

As principais diferenças entre sites e blogs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *